sexta-feira, 10 de julho de 2009

Antimarketing botafoguense



Deu hoje no Lance. Estou com o Erich. Nunca quis cobrir futebol. Não gosto do ambiente. Mas acho um absurdo esse negócio de coletivas com painéis de patrocinadores, microfones de patrocinadores, camisas de patrocinadores, bonés de patrocinadores e o cacete a quatro de patrocinadores. O repórter não tem espaço para trabalhar. Sou da época (como o Erich) que o repórter entrevistava o jogador quase dentro da banheira. De longe, claro. Embora alguns pedissem pra pegar o sabonete.

Um comentário:

Rui Moura disse...

Ele fez o mesmo comentário quando o Jônatas se apresentou aos urubus pela 2ª vez e não abriu a boca?!...

E foi o Botafogo que o mandou calar?... Ou ele que não quis falar... Imprensa má, muito má...

Abraços Gloriosos!