quinta-feira, 18 de junho de 2009

Agora todo mundo pode dar para "jornalista"

Minha ex-aluna Fernanda Lizardo enviou diversas frases que pescou no twitter sobre o fim do diploma de Jornalismo ("temporário". Eu sou botafoguense e acredito até em Papai Noel):

"Calma, jornalistas diplomados, vocês ainda têm direito a prisão especial! Ih.. Não.. Peraí... Ah, essa caiu também, né?" (@fernandalizardo)

"Vamos lá, todo mundo atualizando o currículo! 'Profissão: isso, isso, isso e jornalista'" (@carlacoutinho)

"Bem... Agora vou levar mais a sério os meus pensamentos: "Se nada der certo, eu viro... jornalista!" (@luizadosreis)

"Perdeu, Playboy!" (@tarushijio)

"Agora todo mundo pode assistir a um show ou jogo de futebol no estádio no maior conforto. É só chegar na porta e dizer: "Sou da imprensa!'" (@fernandalizardo)

"Diploma caiu, mude de curso! Talvez assim melhore o nível da minha turma..." (@gaspargaspar)

"Você é estudante de jornalismo e tudo que faz é desfilar na faculdade? Pronto, vá estudar moda!" (@miurada)

"Agora que o diploma não vale nada, acho que vou virar político." (@fabiobbarros)

"Tenho um amigo que tá desolado. É vascaíno, formado em jornalismo e sofre de disfunção erétil. Esse ano as coisas só estão caindo para ele." (@fernandalizardo)

"Serei eternamente grata à faculdade de jornalismo: foi onde aprendi a jogar sinuca." (@vanessanunes)

3 comentários:

Fernanda Venâncio disse...

Grande professor!
Adorei.. rsrs
bjs

Tiburcio disse...

PC, agora até para se fazer um jornal não precisa mais de jornalista responsavel?
Essa função caiu tb?

pc guimarães disse...

Valeu pela visita e comentário, Fernanda. Volte sempre.

Não tenho a mínima ideia, Tiburcio. Oito pessoas desprestigiaram a minha profissão. Em troca de quê?